Procedimentos corporais

Ginecomastia

Cirurgia plástica das mamas masculinas

Alguns homens podem desenvolver um volume mamário indesejado, em decorrência de alterações hormonais, de acúmulo de gordura ou de obesidade seguida de perda de peso, ou ainda pelo uso de esteróides anabolizantes ou de outros medicamentos. O desenvolvimento da mama masculina pode ocorrer unilateral ou bilateralmente, ser formada por tecido gorduroso, glandular ou por uma combinação de ambos.
Geralmente a ginecomastia é mista, ou seja, o volume das mamas se deve a uma combinação de gordura e de glândulas. A técnica cirúrgica a ser empregada dependerá do conteúdo das mamas (glândula/gordura) e da existência ou não de flacidez de pele. A mama de conteúdo gorduroso e sem redundância de pele pode ser tratada apenas com lipoaspiração; enquanto a mama glandular deve ser tratada através de ressecção cirúrgica por uma incisão na borda inferior da aréola em “meia lua”. Quando existe muita flacidez de pele e queda das mamas, as técnicas cirúrgicas são diferentes, assim cada caso deve ser analisado individualmente para escolha da melhor tática cirúrgica.

  • Quem pode fazer?

    Adolescentes e homens com as mamas aumentadas.

  • Recuperação

    Nos primeiros 15 dias indicamos uso de malha elástica para prevenir hematomas e ajudar na regressão do edema. Quando é realizada a lipoaspiração deve-se realizar drenagem linfática para prevenção de fibroses. Deve-se ainda evitar movimentos amplos com os braços (abrir ou levantar muito) e grandes esforços.

  • Duração da cirurgia

    Aproximadamente duas horas.

  • Anestesia

    Local com sedação ou geral.

  • Internação

    O paciente ficará internado de quatro a oito horas.

Dúvidas frequentes

  • O que é a ginecomastia?

    A redução de mama para os homens é a correção cirúrgica das glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas ou grandes.

  • O que causa o aumento das mamas nos homens?

    A ginecomastia é uma condição comum em homens de qualquer idade, podendo ser resultado de alterações hormonais, condições de hereditariedade, doença ou utilização de certas medicações. A ginecomastia pode causar desconforto emocional e prejudicar a autoconfiança.

  • o que caracteriza a ginecomastia?

    • Excesso de gordura localizada,

    • Excesso de desenvolvimento do tecido glandular,

    • Uma combinação de ambos: excesso de tecido adiposo e glandular.

    A ginecomastia pode ocorrer unilateral ou bilateralmente.

  • Como é a anestesia?

    Medicamentos são administrados para seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

  • Quando ocorrerá a lipoaspiração?

    Nos casos em que a ginecomastia é, principalmente, o resultado de excesso de tecido adiposo, somente técnicas de lipoaspiração podem ser utilizadas. Tal situação requer a inserção de uma cânula, um tubo oco fino, através de uma pequena incisão. A cânula é movida para trás e para frente num movimento controlado para soltar o excesso de gordura, a qual é, então, removida do corpo por meio de sucção a vácuo.

  • haverá cicatrizes?

    Qualquer tratamento cirúrgico para ginecomastia exige incisões. Enquanto a maioria das linhas de incisão é escondida dentro de contornos naturais, algumas podem ser visíveis.

Entre em contato! »


Procedimentos faciais

Procedimentos Corporais

Cadastre seu email e fique por dentro das novidades!